Pular para o conteúdo principal

Dióxido de Carbono"Molécula Perigosa"



Dióxido de Carbono - Molécula Perigosa


Se alguém dissesse há 100 anos que um átomo de carbono ligado a dois átomos de oxigênio seria o responsável pela destruição do planeta seria difícil acreditar, mas a atual situação leva-nos a crer nisso. A estrutura citada refere-se ao CO2: dióxido de carbono.

O gás carbônico ou dióxido de carbono, como o próprio nome diz, é um óxido. Óxidos são todos os compostos que apresentam oxigênio ligado à direita da fórmula.

O gás CO2 se faz presente na atmosfera e é responsável pelo efeito estufa, a cada ano pesquisas revelam um aumento na emissão deste poluente. Os veículos movidos a combustíveis fósseis (petróleo) são os responsáveis pela emissão desse gás, e como a frota de carros não para de aumentar, temos um grande problema.

A emissão de CO2 ocorre também durante as queimadas, com elas o homem destrói a única forma de eliminar o gás prejudicial da atmosfera, que é através da fotossíntese. Resumindo, as árvores poderiam ajudar a purificar nossa atmosfera, mas são eliminadas pelo desmatamento ou queimadas para dar espaço às plantações; e ainda colaboram para aumentar os índices de Dióxido de Carbono.

O efeito estufa é a resposta da natureza para a agressão do homem. No último século foi constatado um aumento de 0,5° C na temperatura média da Terra e é por isso que sentimos na pele o prejuízo. Estima-se que esta crise poderá afetar a água potável, a ideia de que pode faltar este bem essencial à nossa sobrevivência assusta e nos faz pensar: de que forma podemos ajudar nosso planeta?

Se todos se unirem em prol de uma solução, este problema que ameaça nos consumir poderá ser extinto. A ideia de se usar biocombustíveis e não realizar as tais queimadas é um bom começo para essa realidade.


Gás carbônico e as chuvas ácidas





Será que as chuvas ácidas se formam da mesma maneira que a chuva comum? Antes de saber a resposta para esta pergunta é importante saber de que é composta a chuva ácida.

A chuva ácida tem o pH abaixo de 5,6, ela atinge este pH porque é composta de ácidos provenientes da atmosfera. Mas como ela se forma? Tudo começa pela reação da água presente na chuva comum, veja o que acontece:

1. As gotas de chuva absorvem o dióxido de carbono (CO2), também conhecido como gás carbônico, proveniente da atmosfera poluída;

2. O dióxido de carbono reage com a água através da reação:

H2O + CO2 → H2CO3

Como se vê, o produto da reação é o ácido carbônico (H2CO3);

3. Quando a água da chuva reage com os óxidos fica ácida, e o pH da água pura que era 7,0 passa para 5,6.

Como se sabe, a chuva ácida prejudica o meio ambiente, causa uma grande mortandade de peixes em rios e lagos, ocasiona a corrosão nas folhas das plantações, etc. A pior parte é saber que ela existe graças à poluição atmosférica, cujos poluentes são gerados pelas indústrias, veículos, usinas energéticas.

Os piores poluentes são gerados pelas indústrias que utilizam combustíveis fósseis e usinas elétricas movidas a carvão. Esses poluentes são óxidos que se combinam com a umidade atmosférica gerando, por exemplo, ácido sulfúrico (H2SO4) diluído, que é a principal precipitação atmosférica dos poluentes industriais.

A resposta à pergunta inicial vem como um alerta: a chuva ácida tem sua formação proveniente da chuva comum, o que muda é a sua composição que é perigosa para o homem como também para o ambiente em que vive.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

FRACIONAMENTO DE MISTURAS

Misturas:
É todo o material constituído por duas ou mais substâncias puras. Estas são chamadas de componentes da mistura. A mistura pode ter uma ou mais fases, quando apresenta uma só fase é chamada homogênea, quando apresenta duas ou mais fases é chamada de heterogênea.
Misturas Homogêneas:
Misturas Homogêneas são aquelas que tem o mesmo aspecto em todos os seus pontos, isto é, são homogêneas, do ponto de vista visual, mesmo que observada com microscópio muitos potentes.
Misturas Heterogêneas:
Mistura de duas ou mais espécie químicas diferentes que não apresenta as mesmas propriedades em toda a sua extensão. Toda mistura heterogênea é um sistema polifásico.
Separação de Misturas:
É raro encontrarmos substâncias puras na natureza. Facilmente encontramos substâncias impuras, que são misturas de uma substância principal e outra que constituem a sua impureza, são processos de purificação das substâncias, são os processos de separação dos componentes das misturas. São chamados de análise ime…

Poluição do Ar e da Água

Poluição do ar
Fontes de poluição, efeito estufa, chuva ácida, combustíveis fósseis, conseqüências da poluição,
combustíveis não poluentes, poluição ambiental e poluição atmosférica

Indústrias: poluentes despejados no ar ( poluição industrial )
Introdução  A partir de meados do século XVIII, com a Revolução Industrial, aumentou muito a poluição do ar. A queima do carvão mineral despejava na atmosfera das cidades industriais européias, toneladas de poluentes. A partir deste momento, o ser humano teve que conviver com o ar poluído e com todas os prejuízos advindos deste "progresso". Atualmente, quase todas as grandes cidades do mundo sofrem os efeitos daninhos da poluição do ar. Cidades como São Paulo, Tóquio, Nova Iorque e Cidade do México estão na lista das mais poluídas do mundo. Geração da poluição  A poluição gerada nas cidades de hoje são resultado, principalmente, da queima de combustíveis fósseis como, por exemplo, carvão mineral e derivados do petróleo ( gasolina e diese…

Principios de Química Orgânica

Química Orgânica: é a parte da química que estuda os compostos do carbono "C".



História da Química Orgânica:
*Os antigos conheciam alguns processos da química orgânica tais como:
- A fermentação da uva e obtenção do vinho.
- A fabricação de vidros coloridos.
- Tinjimento de tecidos com extratos vegetais.
*A química como ciência teve inicio nos fins do século XVIII e inicio do século XIX. Com as leis ponderais (Lavoisier; Proust; Richiter; Dalton). Scheele, nesta época extraiu vários compostos orgânicos (contém carbono) dos organismos vivos (animais e vegetais), entre os quais: a) Obtenção do glicerol das gorduras, b) Ácido úrico dos cálculos renais , c) O ácido tartárico da uva.
*Verificou-se também que era impossível sintetizar um composto orgânico em laboratório (in vitro) isto é, fora dos organismos vivos.
*Bergman(1771) dividiu a química em duas grandes partes:
- Química Orgânica: parte da química que estudava os compostos extraídos dos seres vivos(animais e vegeta…