Pular para o conteúdo principal

Sondas podem ter destruído sinais de vida em Marte


Sondas podem ter destruído sinais de vida em Marte

VITOR MORENO
colaboração para a Folha Online

Exatamente um ano depois do pouso da sonda Phoenix em Marte, pesquisadores dizem que máquinas que desembarcaram no planeta vermelho procurando sinais de vida podem, na verdade, ter destruído evidências de que havia compostos orgânicos no planeta --considerados essenciais para a existência de vida. Um artigo publicado na revista NewScientist afirma que a forma como a busca estava sendo feita pode ter "tostado" evidências de que havia seres vivos no planeta.

No ano passado, a Phoenix encontrou um composto químico chamado perclorato em solo marciano. A substância é inofensiva quando está em temperatura baixa, mas quando aquecida libera muito oxigênio, o que tende a queimar materiais combustíveis. A sonda também permitiu a descoberta de água no planeta.

Segundo o artigo, tanto a Phoenix quanto a Viking, que pousou em Marte em 1976, procuravam moléculas orgânicas aquecendo amostras de solo em altas temperaturas para evaporá-las e analisá-las sob a forma de gás.

Uma equipe da Nasa, a agência espacial americana, tentou reproduzir na Terra o aquecimento de compostos orgânicos junto com o perclorato. O resultado é que os compostos entraram em combustão e não sobrou nenhum traço orgânico.

O estudo foi apresentado na 40ª Conferência de Ciência Lunar e Planetária, em março, nos Estados Unidos.


Solo de Marte é similar ao deserto no Chile, diz Nasa
Publicidade

Atualizado às 19h10

da Folha Online

Cientistas da missão da Phoenix afirmaram, nesta terça-feira (5), que o solo próximo de onde a sonda pousou, no Pólo Norte de Marte, é similar ao encontrado no deserto do Atacama, no Chile. Segundo eles, a descoberta de perclorato no planeta não diminui as chances de se encontrar vida no local.

A substância é utilizada no combustível de foguetes e pode ser tóxica e prejudicial à saúde. Também pode ser encontrada no deserto do Atacama, onde micróbios conseguem viver. Segundo os cientistas, a presença do perclorato não é boa nem ruim para as perspectivas de encontrar vida em Marte.

A Nasa também pediu paciência até que mais estudos sejam feitos sobre o assunto. Segundo a Nasa, é preciso realizar novas análises para confirmar que a substância encontrada é mesmo perclorato.

A agência diz que precisa fazer mais estudos para descartar que a substância tenha sido levada a Marte pela Phoenix e está revendo os procedimentos ocorridos antes do lançamento da sonda, para verificar isso.

"Isso tem de ser verificado dentro do instrumento [Tega, sigla em inglês para Analisador de Gás Térmico e Expandido],", afirmou Peter Smith, chefe de pesquisa da missão. De acordo com ele, mesmo que a substância seja confirmada, "isso não impede a vida em Marte. Na verdade, é uma fonte de energia em potencial".

"Eu peço que a imprensa seja paciente conosco", disse o cientista. "Deixe a equipe de ciência fazer o trabalho no ritmo adequado".

Na segunda-feira (6), a Folha Online adiantou que técnicos da missão descobriram água em estado líquido no planeta. Na semana passada o trabalho da sonda, que explora o solo de Marte desde 25 de maio, já havia confirmado a existência de gelo no local. A descoberta de água líquida, no entanto, pode levar a uma revolução nas pesquisas sobre a possibilidade de vida no planeta vizinho.

Nenhum estudo foi publicado ainda sobre a descoberta, mas o líder de um dos grupos no comando da pesquisa da Phoenix afirmou por telefone à Folha Online que o assunto será divulgado em relatório dentro de alguns dias.

Aparentemente, os técnicos ficaram atordoados com a existência de perclorato em Marte. Mas eles afirmam que na Terra algumas plantas também vivem em um solo relativamente rico na substância. "Como o perclorato afeta a hipótese de Marte ser habitável é uma pergunta complexa para a qual não temos reposta", afirma Smith.

"Isso realmente não limita nossa pesquisa para a 'habitabilidade' nesse solo de gelo e se nós formos sortudos o suficiente para ver alguns indícios orgânicos, não ficaríamos surpresos", diz o cientista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRACIONAMENTO DE MISTURAS

Misturas:
É todo o material constituído por duas ou mais substâncias puras. Estas são chamadas de componentes da mistura. A mistura pode ter uma ou mais fases, quando apresenta uma só fase é chamada homogênea, quando apresenta duas ou mais fases é chamada de heterogênea.
Misturas Homogêneas:
Misturas Homogêneas são aquelas que tem o mesmo aspecto em todos os seus pontos, isto é, são homogêneas, do ponto de vista visual, mesmo que observada com microscópio muitos potentes.
Misturas Heterogêneas:
Mistura de duas ou mais espécie químicas diferentes que não apresenta as mesmas propriedades em toda a sua extensão. Toda mistura heterogênea é um sistema polifásico.
Separação de Misturas:
É raro encontrarmos substâncias puras na natureza. Facilmente encontramos substâncias impuras, que são misturas de uma substância principal e outra que constituem a sua impureza, são processos de purificação das substâncias, são os processos de separação dos componentes das misturas. São chamados de análise ime…

Poluição do Ar e da Água

Poluição do ar
Fontes de poluição, efeito estufa, chuva ácida, combustíveis fósseis, conseqüências da poluição,
combustíveis não poluentes, poluição ambiental e poluição atmosférica

Indústrias: poluentes despejados no ar ( poluição industrial )
Introdução  A partir de meados do século XVIII, com a Revolução Industrial, aumentou muito a poluição do ar. A queima do carvão mineral despejava na atmosfera das cidades industriais européias, toneladas de poluentes. A partir deste momento, o ser humano teve que conviver com o ar poluído e com todas os prejuízos advindos deste "progresso". Atualmente, quase todas as grandes cidades do mundo sofrem os efeitos daninhos da poluição do ar. Cidades como São Paulo, Tóquio, Nova Iorque e Cidade do México estão na lista das mais poluídas do mundo. Geração da poluição  A poluição gerada nas cidades de hoje são resultado, principalmente, da queima de combustíveis fósseis como, por exemplo, carvão mineral e derivados do petróleo ( gasolina e diese…

Principios de Química Orgânica

Química Orgânica: é a parte da química que estuda os compostos do carbono "C".



História da Química Orgânica:
*Os antigos conheciam alguns processos da química orgânica tais como:
- A fermentação da uva e obtenção do vinho.
- A fabricação de vidros coloridos.
- Tinjimento de tecidos com extratos vegetais.
*A química como ciência teve inicio nos fins do século XVIII e inicio do século XIX. Com as leis ponderais (Lavoisier; Proust; Richiter; Dalton). Scheele, nesta época extraiu vários compostos orgânicos (contém carbono) dos organismos vivos (animais e vegetais), entre os quais: a) Obtenção do glicerol das gorduras, b) Ácido úrico dos cálculos renais , c) O ácido tartárico da uva.
*Verificou-se também que era impossível sintetizar um composto orgânico em laboratório (in vitro) isto é, fora dos organismos vivos.
*Bergman(1771) dividiu a química em duas grandes partes:
- Química Orgânica: parte da química que estudava os compostos extraídos dos seres vivos(animais e vegeta…