Pular para o conteúdo principal

Reações Químicas





Equação Química:
Uma equação química é a representação gráfica de uma reação química. É representada com os reagentes à esquerda e os produtos à direita, separados por uma flecha.

Reação de decomposição ou analise:
é a fragmentação de um composto químico para elementos ou compostos menores. Ela é definida algumas vezes como o oposto da síntese.
Uma formula da reação generalizada é: AB → A + B.
Um exemplo de decomposição é a eletrólise da água.


Com as equações de decomposição e síntese somente é possível descrever todos os tipos de reações químicas.
A decomposição química é freqüentemente uma reação química não desejada. A estabilidade que um componente químico usualmente reduzida quando exposto a condições ambientais extremas como por exemplo calor, radiação, umidade ou a acidez de um meio. O processo detalhado de decomposição é não é geralmente bem definido e uma molécula quebra-se em uma diversidade de fragmentos menores.
A decomposição química é explora em várias técnicas analíticas notavelmente na espectrometria de massa, analise gravimétrica tradicional, e analise termogravimétrica

Reação de síntese:
é uma reação química em que dois ou mais reagentes dão origem a um só produto, obedecendo à Lei de Conservação das Massas (Lei de Lavoisier). Estas reações são também conhecidas como reações de composição ou de adição.
Neste tipo de reação um único composto é obtido a partir de dois compostos, obedecendo a uma relação do tipo a : A + B → AB .
Exemplo de reações de adição:


Reação de simples troca ou reação de deslocamento ou ainda reação de substituição:
é uma reação onde há dois reagentes e dois produtos, sendo que um reagente é um elemento químico e o outro é um composto, e entre os produtos há igualmente, um elemento e um composto.
Uma reação de simples troca possui a a forma a: A + BC → BA + C.
Existem dois subtipos diferentes de reações de simples troca:
• No primeiro tipo, A e B são metais ou elementos com caráter eletropositivo quando ligados e C é um ânion formado por um ametal somente, um semimetal ou ainda ser um ânion mais complexo.
• No segundo tipo, A e B podem ser ametais ou semimetais e C ser um metal ou elemento com carácter eletropositivo.
O critério para se saber se uma determinada reação de simples troca irá ocorrer é dado em função da reatividade. Em última instância a reatividade, que é a medida da propensão para a ocorrência de uma reacção, depende da variação de Energia de uma reação. Se a reação ocorrer sob pressão constante, como quando ocorre nas reações sob pressão atmosférica, é usual empregar-se a função G ou função de Gibbs. Pode-se determinar a função G eletroquimicamente, e é usual que a análise seja feita em termos do potencial elétrico, dado em volts.
Em textos elementares de química é costume empregar-se uma lista simplificada, onde os elementos são postos em ordem decrescente de reatividade. Segue-se abaixo duas listas de reatividade, uma para cada subtipo de reacção de dupla troca:
• Para o deslocamento do cátion:
Li Cs Rb K Ba Sr Ca Na Mg Al Mn Be Zn Cr Fe Cd Co Ni Sn Pb H
Sb Bi As Cu Hg Ag Pd Pt Au
• Para o deslocamento do ânion:
F> O>Cl>Br >I >S> C> P >H
Nessas duas listas, os elementos que estão mais à esquerda (mais reativos) deslocam os elementos mais à direita (menos reativos)
Um exemplo do primeiro tipo de reação é dado abaixo:


Um exemplo do segundo tipo é o dado a seguir:


Reação de dupla troca ou reação de metátese:
é uma reação onde há dois reagentes, ambos compostos gerando dois produtos, sendo que são igualmente dois compostos, permutando entre si dois elementos ou radicais.
Fórmula Geral: AB + CD → CB + AD
Exemplos :



A própria reação de salificação (ácido+base) é um exemplo de reação de dupla troca:


Estas reações ocorrem quando duas substâncias compostas resolvem fazer uma troca e formam-se duas novas substâncias compostas. A reação de dupla troca ocorre quando AD e/ou CB for
• menos solúvel
• eletrólito mais fraco
• mais volátil
que AB e/ou CD.
Ou ainda, pode-se observar os produtos para verificar se a reação de dupla troca occore ou não. Neste caso de observação, a reação de dupla troca ocorre efetivamente se, pelo menos um dos produtos da reação for:
• base forte
• água ou peróxido de hidrogênio
• sal insolúvel
• ácido volátil





Um Abraço a Todos e ótima semana!!
Lauro Julio Dalcin

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRACIONAMENTO DE MISTURAS

Misturas:
É todo o material constituído por duas ou mais substâncias puras. Estas são chamadas de componentes da mistura. A mistura pode ter uma ou mais fases, quando apresenta uma só fase é chamada homogênea, quando apresenta duas ou mais fases é chamada de heterogênea.
Misturas Homogêneas:
Misturas Homogêneas são aquelas que tem o mesmo aspecto em todos os seus pontos, isto é, são homogêneas, do ponto de vista visual, mesmo que observada com microscópio muitos potentes.
Misturas Heterogêneas:
Mistura de duas ou mais espécie químicas diferentes que não apresenta as mesmas propriedades em toda a sua extensão. Toda mistura heterogênea é um sistema polifásico.
Separação de Misturas:
É raro encontrarmos substâncias puras na natureza. Facilmente encontramos substâncias impuras, que são misturas de uma substância principal e outra que constituem a sua impureza, são processos de purificação das substâncias, são os processos de separação dos componentes das misturas. São chamados de análise ime…

Poluição do Ar e da Água

Poluição do ar
Fontes de poluição, efeito estufa, chuva ácida, combustíveis fósseis, conseqüências da poluição,
combustíveis não poluentes, poluição ambiental e poluição atmosférica

Indústrias: poluentes despejados no ar ( poluição industrial )
Introdução  A partir de meados do século XVIII, com a Revolução Industrial, aumentou muito a poluição do ar. A queima do carvão mineral despejava na atmosfera das cidades industriais européias, toneladas de poluentes. A partir deste momento, o ser humano teve que conviver com o ar poluído e com todas os prejuízos advindos deste "progresso". Atualmente, quase todas as grandes cidades do mundo sofrem os efeitos daninhos da poluição do ar. Cidades como São Paulo, Tóquio, Nova Iorque e Cidade do México estão na lista das mais poluídas do mundo. Geração da poluição  A poluição gerada nas cidades de hoje são resultado, principalmente, da queima de combustíveis fósseis como, por exemplo, carvão mineral e derivados do petróleo ( gasolina e diese…

Principios de Química Orgânica

Química Orgânica: é a parte da química que estuda os compostos do carbono "C".



História da Química Orgânica:
*Os antigos conheciam alguns processos da química orgânica tais como:
- A fermentação da uva e obtenção do vinho.
- A fabricação de vidros coloridos.
- Tinjimento de tecidos com extratos vegetais.
*A química como ciência teve inicio nos fins do século XVIII e inicio do século XIX. Com as leis ponderais (Lavoisier; Proust; Richiter; Dalton). Scheele, nesta época extraiu vários compostos orgânicos (contém carbono) dos organismos vivos (animais e vegetais), entre os quais: a) Obtenção do glicerol das gorduras, b) Ácido úrico dos cálculos renais , c) O ácido tartárico da uva.
*Verificou-se também que era impossível sintetizar um composto orgânico em laboratório (in vitro) isto é, fora dos organismos vivos.
*Bergman(1771) dividiu a química em duas grandes partes:
- Química Orgânica: parte da química que estudava os compostos extraídos dos seres vivos(animais e vegeta…