Pular para o conteúdo principal

Dinheiro não é o problema, mas, sim, a solução

Um antigo problema

Existe uma frase muito comentada que é “dinheiro não é o problema, mas, sim, a solução”.


Se pensarmos na situação sócio-econômica do Brasil, realmente não é uma frase totalmente descartável. Cheques sem fundos, cartões de crédito com limites estourados, falta alimento, faltam roupas, enfim, muitas vezes não é fácil encontrar a solução para tantos problemas.

Em meio a tantas dívidas as pessoas têm buscado inúmeras soluções, porém muitas delas não passam de tapeações que levam o indivíduo para um endividamento ainda maior. Em todas as esquinas podemos encontrar uma empresa de financiamento que não consulta se você deve algo, se tem o “nome sujo” ou nada disso; na verdade o que eles realmente querem é que você faça mais uma dívida para acertar o que você já deve... Um tanto controverso, não é? Infelizmente, muitos não vêem isso.

A situação financeira é sempre um assunto repleto de controvérsia nas quais as igrejas estão envolvidas, sejam elas evangélicas ou católicas, ou qualquer outra instituição eclesiástica. Porém, quero neste texto abordá-la de uma maneira diferente da convencional.

Quando falamos em dinheiro nas igrejas, geralmente, pensamos no dízimo que deve ser dado aos Homens. Nesta visão, citam igrejas que enriquecem às custas dos fiéis. E muitos ficam apenas imaginando para onde está indo o dinheiro de tantas pessoas. Porém, digo a vocês que Deus possui um propósito real para suas finanças, não somente no sentido de você doar ao Reino de Deus, mas, principalmente, no sentido de fazer você próspero.

Deus em sua infindável sabedoria quer que os seus filhos sejam abençoados, sejam prósperos. E o que é a tão famosa “prosperidade”? Ter dois carros importados na garagem? Morar sozinho numa casa com 14 quartos e 8 banheiros? Ter seu próprio helicóptero, etc., etc., e etc.? NÃO! A prosperidade real é a ausência de necessidades; para ficar mais claro, é cumprir com suas obrigações sem deixar dívidas. Você tem necessidade de algo? Deus pode suprir essa necessidade e, ao contrário do que muitos pensam ou ouvem, ele não precisa do seu dinheiro, mas sim de uma atitude de fidelidade.

“Minha é a prata, e meu é o ouro, diz o Senhor dos exércitos.” (Ageu 2.8.) O dono de toda prata e de todo o ouro precisa de dinheiro? Será que quem criou tudo precisa receber algo? Existe a real necessidade de pagarmos a Deus por algo? Claro que não! Porque damos ofertas às igrejas, para que dizimar? É pela simples razão de cumprir um mandamento do Senhor. Quando estamos em acordo com a vontade de Deus e somos fiéis aos desígnios do Senhor, somos realmente abençoados. Não é o dinheiro, mas, sim, o coração que realmente importa para o Senhor.

Deus tem planos especiais para seus filhos. Você que está lendo este texto, está nos planos de Deus e ele quer que você seja próspero. Está na hora de deixar de lado uma vida “limitada” e dar início a uma vida abundante. E como já citei acima, ele não quer seu dinheiro, mas pede uma coisa para você: ele quer que você abra seu coração totalmente e o deixe entrar. Deixe que o Senhor faça uma morada real dentro de você e mude sua vida de uma maneira sobrenatural.

A mudança não será do dia para noite, mas, certamente, ela irá acontecer dia após dia em sua vida e verá a grandeza do Pai que você tem. E se você já disse a frase “dinheiro não é problema, mas, sim, a solução”, com certeza irá mudar e estará pelo mundo dizendo a todos que “dinheiro não é o problema, pois Deus tem a solução!” Lembre, também, do que está escrito em Malaquias 3.10: “Trazei todos os dízimos à casa do Tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e provai-me nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós bênção sem medida.”

Ore: Meu Deus e meu Pai, o Senhor sabe das minhas necessidades e dos anseios do meu coração. Mas também sei que o Senhor é capaz de fazer uma revolução em minha vida. Nesse momento entrego minha vida em suas mãos e deixo que o Senhor seja o meu guia. Entrego minha família, meus bens e de todo meu coração aceito a Ti como o único capaz de gerenciar tudo que tenho, tudo que sou.

Breno Amaral
Redação Atos Hoje
brenoamaral@lagoinha.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FRACIONAMENTO DE MISTURAS

Misturas:
É todo o material constituído por duas ou mais substâncias puras. Estas são chamadas de componentes da mistura. A mistura pode ter uma ou mais fases, quando apresenta uma só fase é chamada homogênea, quando apresenta duas ou mais fases é chamada de heterogênea.
Misturas Homogêneas:
Misturas Homogêneas são aquelas que tem o mesmo aspecto em todos os seus pontos, isto é, são homogêneas, do ponto de vista visual, mesmo que observada com microscópio muitos potentes.
Misturas Heterogêneas:
Mistura de duas ou mais espécie químicas diferentes que não apresenta as mesmas propriedades em toda a sua extensão. Toda mistura heterogênea é um sistema polifásico.
Separação de Misturas:
É raro encontrarmos substâncias puras na natureza. Facilmente encontramos substâncias impuras, que são misturas de uma substância principal e outra que constituem a sua impureza, são processos de purificação das substâncias, são os processos de separação dos componentes das misturas. São chamados de análise ime…

Poluição do Ar e da Água

Poluição do ar
Fontes de poluição, efeito estufa, chuva ácida, combustíveis fósseis, conseqüências da poluição,
combustíveis não poluentes, poluição ambiental e poluição atmosférica

Indústrias: poluentes despejados no ar ( poluição industrial )
Introdução  A partir de meados do século XVIII, com a Revolução Industrial, aumentou muito a poluição do ar. A queima do carvão mineral despejava na atmosfera das cidades industriais européias, toneladas de poluentes. A partir deste momento, o ser humano teve que conviver com o ar poluído e com todas os prejuízos advindos deste "progresso". Atualmente, quase todas as grandes cidades do mundo sofrem os efeitos daninhos da poluição do ar. Cidades como São Paulo, Tóquio, Nova Iorque e Cidade do México estão na lista das mais poluídas do mundo. Geração da poluição  A poluição gerada nas cidades de hoje são resultado, principalmente, da queima de combustíveis fósseis como, por exemplo, carvão mineral e derivados do petróleo ( gasolina e diese…

Principios de Química Orgânica

Química Orgânica: é a parte da química que estuda os compostos do carbono "C".



História da Química Orgânica:
*Os antigos conheciam alguns processos da química orgânica tais como:
- A fermentação da uva e obtenção do vinho.
- A fabricação de vidros coloridos.
- Tinjimento de tecidos com extratos vegetais.
*A química como ciência teve inicio nos fins do século XVIII e inicio do século XIX. Com as leis ponderais (Lavoisier; Proust; Richiter; Dalton). Scheele, nesta época extraiu vários compostos orgânicos (contém carbono) dos organismos vivos (animais e vegetais), entre os quais: a) Obtenção do glicerol das gorduras, b) Ácido úrico dos cálculos renais , c) O ácido tartárico da uva.
*Verificou-se também que era impossível sintetizar um composto orgânico em laboratório (in vitro) isto é, fora dos organismos vivos.
*Bergman(1771) dividiu a química em duas grandes partes:
- Química Orgânica: parte da química que estudava os compostos extraídos dos seres vivos(animais e vegeta…